Entre hobbies e jobs

7

Recentemente, o mercado publicitário recebeu a notícia de que um importante diretor de criação, ganhador de diversos Leões em Cannes, deixou a agência para se dedicar a sua marca de cerveja. O que era um hobby cresceu, tomou corpo e tornou-se a atividade principal do criativo. Trata-se de um exemplo extremo. Nem sempre a diversão se torna trabalho. Mas atividades paralelas são mais comuns do que se pensa na propaganda.

Aqui na Imaginando, por acaso, fomos levantando histórias e descobrimos que quase todo mundo tem. São blogs, pequenas empresas e até uma diretora de arte que é ritmista no carnaval.

Apesar de todo mundo fazer isso por diversão mesmo, a ideia de ter um hobby é defendida por inúmeros especialistas do mercado. Já ouvimos isso em palestras. O hobby, além de distrair, abre novos campos de interesse e ativa áreas diferentes do cérebro. Alguém que passa a vida toda fazendo uma atividade específica na criação pode se descobrir um empreendedor fora da agência e passar a aproveitar essa vocação que não conhecia.

Um amigo, redator de uma multinacional em São Paulo, contou-me, certa vez, que seu diretor de criação não levava a sério criativo que não tinha outra atividade fora da agência. Claro, é um exagero, mas mostra a importância dada à diversidade de interesses por quem comanda as áreas de criação.

Entre os nomes mais importantes hoje no mercado, temos visto diversos exemplos: Washington Olivetto (WMcCann) escreve livros e comenta sobre futebol na TV. Marco Versolato (DM9) toca bateria. Leo Macias (DM9) e Luis Christello (Heads) dedicam-se às artes plásticas. Rafael Pitanguy (África) foi um dos roteiristas do longa “Ponte Aérea”, lançado em março desse ano. Sérgio Valente (TV Globo) adora compor e costuma usar esse talento em seus jobs. Anselmo Ramos (David) tem se dedicado ao projeto de escrever uma trama cinematográfica.

Muitos hobbys, como visto no início do texto, podem se tornar uma atividade principal. Vários canais de Youtube, brigaderias, blogs de moda e buffets surgiram da inquietude de gente que queria fazer mais do que seu trabalho dentro de empresas e acabou mudando a trajetória de suas vidas.

Mas não é uma obrigação. Hobby é hobby. É para sentir prazer. A intenção principal não é ganhar dinheiro com isso. O importante é que, empreendendo, criando ou apenas sendo lazer, essas atividades paralelas devolvem para as agências pessoas muito mais leves, mais realizadas e com uma energia diferente. É bom para todo mundo.

 

Ficou curioso? Veja as atividades paralelas do pessoal da Imaginando.

Líu Brito – Criou o blog Toda Prosa, onde faz poesias e crônicas sobre amor, comportamento e coisas do cotidiano. Toda Prosa Blog

Raíssa Jappe – É uma das colunistas do site Design Culture, que fala de design, tecnologia, trabalho e tudo mais que inspira a geração atual. Design Culture

Lee Portela – Percussionista de diversos blocos do Rio de Janeiro, há dois carnavais, é titular da prestigiada bateria da Portela, a Tabajara do Samba.

Ana Zyl – Criou a marca Toca da Noca, que produz material de papelaria pensado especialmente para a decoração de eventos. Toca da Noca

Renata Barros – Apaixonada por moda, criou o blog It Rê, que virou também página no Facebook e perfil no Instagram. It Rê

Rafael Simi – Escreve e edita o site Revista Carne Seca. Revista Carne Seca

Gaby Vasconcellos – Criou a marca 83beer. Além de produzir kits de cerveja, tem uma página no Facebook falando sobre o assunto. 83 Beer

 

Por Rafa Simi

 

  2 comments for “Entre hobbies e jobs

  1. julho 16, 2015 at 12:03

    Sou designer e trabalho em agência. Em muitas campanhas tive que fazer o layout de uma camiseta. Algumas foram criativas mas o que se faz mesmo é colocar o logotipo na frente e pronto.
    Depois de alguns anos, resolvi começar a criar estampas e abri uma loja virtual (que também fez 5 anos em junho agora). Passei a fazer camisetas como hobby e mesmo que não tenha o faturamento desejado, estou feliz com a experiência.
    Faço a criação, o atendimento aos clientes pelos canais digitais, as compras nos fornecedores, a divulgação na internet.
    Se puder divulgar, segue o link da loja: http://www.entertshirt.com.br

    Obrigado.

    Jota

  2. Paula
    agosto 29, 2015 at 22:40

    Nunca se sabe quando um hobby pode virar um plano A

Deixe uma resposta para Jota Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *